sábado, 11 de outubro de 2008

Parte 25

Lembro que seguimos por um beco. Uma chuva fina e uma certa neblina no ar. O Rogério, Rodrigo e eu desviando das gotas embaixo das marquises. Os nossos passos eram apressados. A conversa do Rogério e o Rodrigo parecia um dialéto esquecido pelo tempo. Eu realmente me deixei levar pela imaginação. Fantasiei as impressões que Euclides da Cunha teve de Salvador. Transmigrei a minha visão para o passado, para um vórtice como na série "O Túnel do Tempo". Então, lá estava Euclides da Cunha caminhando entre os trausentes, o seu espectro atravessando o mulato artista dos retratos de acrílica, o escritor de Os Sertões mergulhava no corpo da baiana do acarajé. Ele seguia indiferente na chuva, passos mais rápidos que os nossos, vi que em suas mãos tinha um caderno de couro. Batidas ritmas dos seus dedos imitavam a música cabocla. O olhar dele capturava tudo, homem de olhos infantil parecia escrever com a visão.

"Carlos...Carlos...Em que planeta tu tá?"

Estávamos agora os três olhando o mar. Próximo de nós um museu, fui parado por um tipo estranho e já fui avisando que eu não tinha dinheiro. Mas ele disse que não queria dinheiro, mas queria me dar um colar. Colocou o colar multicolorido feito com sementes no meu pescoço. Rogério disse para eu ter cuidado. O sujeito estranho seguiu a sua viajem e se misturou no formigueiro humano.
O sol tímido nas nuvens prenunciava o fim de tarde. Parou de chover.
Entramos no museu e lá havia uma exposição sobre Canudos. Diversas fotografias de Flávio Bastos, jornais da época, fardas, trajes, e um caderno de couro aberto revelando as anotações originais de Euclides.

" Precisamos encontrar um sebo, Rodrigo."

2 comentários:

danielog disse...

nem me fale de biografias do lovecraft...
eu prefiro parar no que eu sei do racismo e xenofobia que sei do cara...
mas o que fazer... são as melhores histórias de terror desde poe, né?
e essa arte é bem escassa.

valeu pelo coment!
abraço!

Plínio Fuentes disse...

Valeu pelos comentários! Pelo visto este é o blog que vc atualiza c/ mais frequência, ok? Grandes projetos e ótimas histórias, cara. Boa sorte.