quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Pé na Estrada- 01

Acordei com o Cau dizendo:
“E aí, gaúchos? Não vão para o sertão?”

Esse sou eu:
“ Puta-merda!!! Que ressaca!!!”

Cau:
“ Bicho...são seis horas da manhã. Tá um sol lá fora.”

Eu:
“Rodrigo, como nós iremos?”

Rodrigo:
“ Ahhh... Não faço à mínima.”

Cau:
“Ok, manés. Eu empresto o Caumóvel. Sabe dirigir, Lênin?

Para o Cau eu era a lata do Lênin.

Eu:
"Só filmes."

Rodrigo evitava a luz do dia com o braço sobre os olhos:
“ Cara, eu falei pro Rogério nos ligar.”

Sábio zen Cau:
“ Bicho, por que não ligam para ele?”

Eu:
“ Concordo com o Cau.”

E ligamos para o Rogério. Ligamos seis vezes.

Rodrigo:
“ O Rogério comentou na festinha que não eramos para nos preocupar com isso, esse detalhe ele resolveria...”

Mas depois de dez chamadas para o celular dele o desespero começou a tomar conta da gente, sem falar a maldita ressaca. Que noite!

Um comentário:

danielog disse...

o alcoolismo é um problema entre a juventude....

vou ver o post ou material de voces pra sentir se eu uso uma historia velha ou faço uma nova. se for nova vai ser curtinha
abraço!